SRIMATI SITA THAKURANI

Por Kalachandji Devi Dasi

Sita Thakurani era filha de Nrishinga Baduri e esposa de Sri Advayta Acharya, encarnação de Maha-vishnu e o primeiro dos associados do Senhor Caitanya (lê-se Tcheitania) a vir a esse mundo material.

Após casarem-se, Sita Thakurani e Sri Advayta Acharya foram para Nadya, viver em Shantipura.

De acordo com o Gaura-Ganodesh Dipika, Srimati Sita Thakurani é a encarnação de Yogamaya (potência espiritual interna do Senhor) e ainda, segundo o Gaura-Parshada-Charitvali, na Krishna Lila (advento do Senhor Krishna) ela era Purnamasi, mãe de Sandipani Muini, avó de Madhumangal e Nandimukhi e discípula de Narada Muni.

Na ocasião do nascimento do Senhor Caitanya Mahaprabhu, grandes personalidades santas, dentre elas Sita Thakurani e Advaita Acharya, puderam sentir os sinais auspiciosos compreendendo que algo de extraordinário estava acontecendo e puseram-se a orar e cantar os Santos Nomes de Krishna.

No dia seguinte ao nascimento do Senhor, logo que recebeu a notícia do nascimento do filho de Jagannatha Mishra e Saci Devi (lê-se Shatchi), Sita Thakurani partiu de Shantipur a Mayapur para visita-los levando ricos e belíssimos presentes à criança que havia acabado de nascer. Ao ver o bebê recém-nascido, ela reconheceu tratar-se do próprio Krishna, com todos os sinais auspiciosos e aspecto refulgente, apenas diferenciando-se pelo tom de pele, que não era enegrecido como o de Krishna-Gopala, mas sim de tom dourado.

Sita Thakurani ficou muito satisfeita e seu coração encheu-se de amor maternal. Ela, então, abençoou a criança com uma vida longa e chamou-o de Nimai, pois ele havia nascido sob uma árvore nima, a qual acredita-se que afugenta fantasmas e outros seres inauspiciosos, dos quais Sita Thakurani queria protegê-lo. Assim, embora seu nome de nascimento fosse Visvambhara, O Senhor foi sempre chamado carinhosamente de Nimai. Embora a própria Sita Thakurani houvesse reconhecido a criança como sendo a encarnação da Suprema Personalidade de Deus, o aspecto maternal de sua relação amorosa trouxe em seu coração essa necessidade de proteção, tal qual uma mãe protege uma criança indefesa comum.

Assim como Purnamasi orientou Nanda e Yasoda a cuidar, nutrir e proteger o pequeno Krishna, Sita Thakurani também costumava instruir Jagannatha Mishra e Saci Devi muito amorosamente sobre todos os tipos de cuidados à criança e visitava-os com frequência. Por conta de seu amor maternal puro, Sita Thakurani foi escolhida por Saci Devi para ser a primeira a fazer qualquer oferenda ao pequeno Nimai nas cerimônias ritualísticas.

Da mesma forma que Sita o amava como a um filho, Mahaprabhu a amava e respeitava como sua própria mãe. Já adulto, Caitanya Mahaprabhu e Nityananda Prabhu constantemente iam a Shantipura visitar a casa de Sita Thakurani e Advaita Acharya. Nessas ocasiões Advaita Acharya costumava promover grandes festivais de Krishna-nama-lila kirtan, e Sita Thakurani adorava cozinhar os pratos preferidos de seu querido Nimai.

Quando Mahaprabhu aceitou a ordem de vida renunciada (sannyasa) e foi morar em Jagannatha Puri, Sita Thakurani, Advaita Acharya e seu filho Acyutananda também iam visitá-lo regularmente.

A história de sua discípula Jangali, que teria se transformado em homem para confundir um governante bengali que havia sido atraído por ela, é uma referência de que Sita Thakurani também teria atuado como diksa-guru (guru iniciador/a). Na história de Jangali, ao perceber que ela possuía algum poder místico, o governante caiu a seus pés e pediu perdão. Após receber a bênção e o perdão de Jangali, ele construiu-lhe uma casa na floresta, a qual ficou conhecida como Jangali Tota.

Sita Thakurani e Advaita Acharya tiveram 3 filhos: Acyutananda, Krishna Misra e Gopala Misra. Todos eles tornaram-se seguidores fiéis do Senhor Caitanya e ajudaram a difundir a mensagem do Senhor.

Fontes:

PRABHUPADA, A. C. Bhaktivedanta Swami, Sri Caitanya-Caritamrta: Adi-lila. São Paulo, The Bhaktivedanta Book Trust: 1987

BRZEZINSKI, Jan. “Women saints in Gaudiya Vaishnavism”. Tradução de Gitamrita Devi Dasi. In: ROSEN, Steven J. (org.). In: Vaishnavi: Women and the Worship of Krishna. Delhi: Motilal Banarsidass Publishers, 1999;

KAPOOR, O. B. L. (Adikeshava Das). The saints of Vraja, 2nd edition. Tradução de Gitamrita Devi Dasi. New Delhi, India: Aravali Books International, 1999.

KAPOOR, O. B. L. (Adikeshava Das). The saints of Bengal. Tradução de Gitamrita Devi Dasi. New Delhi, India: Radha Press, 1995.

https://www.iskcontimes.com/srimati-sita-thakurani-avirbhava-appearance-tithi-sri-advaita-acaryas-consort/ acesso em 18/08/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *